Artigos - A Manipulação Visceral < Voltar

A vida e o movimento estão intimamente ligados. Todo o ser vivo encontra-se em movimento constante. Existem aqueles movimentos que consideramos os mais importantes, os invisíveis que ocorrem dentro do corpo humano e que estão relacionados com os vários níveis de actividade, desde das pulsações celulares até às contracções rítmicas do coração, diafragmas e ritmo sacro craniano.

O sistema visceral está dependente da sincronização dos movimentos entre os órgãos e entre os órgãos e as suas estruturas. Num corpo saudável existe uma relação harmoniosa e estável entre eles, no entanto, quando esta harmonia é afectada por factores intrínsecos ou extrínsecos, os órgãos começam a funcionar de uma maneira antagonista entre si e entre as suas estruturas, criando zonas de tensão anormal que o corpo continua a circular milhares de vezes por dia, causando irritações crónicas que podem conduzir à doença.

A Manipulação Visceral é baseada nos vários estudos efectuados nos anos setenta no Hospital de Doenças Pulmonares , em Grenoble, na França, pelo Dr. Jean-Pierre Barral, osteopata francês e pelo Dr. Arnaud, especialista em doenças pulmonares. A investigação foi efectuada em cadávers e em seres vivos, onde foram avaliados os vários padrões de stress acumulado nos orgãos e nos tecidos circundantes. Cada técnica foi utilizada milhares de vezes antes de ser considerada como eficaz.

Com a colaboração do Dr. Serge Choen, um médico radiologista, o Dr. Barral documentou alterações nos órgãos antes e depois de terem sido manipulados com técnicas de manipulação visceral, usando um sistema de raio x fluorescente e ultrasons, onde se iam observando alterações na posição e mobilidade dos orgãos e no intercâmbio dos líquidos.

O Dr. Jean-Pierre Barral começou a leccionar nos Estados Unidos da América em 1985 de colaboração com o Upledger Institute Internacional e tem divulgado este método terapêutico em vários continentes. Já publicou vários livros sobre a manipulação visceral assim como centenas de artigos em várias revistas. A sede do Barral Institute encontra-se sediada em West Palm Beach, Florida, nos Estados Unidos da America e trabalha directamente com os seus representantes em vários países, incluindo Portugal. Recentemente fundou o Barral Institute, com representação na Europa e nos Estados Unidos da América e dedica-se à investigação e à formação de professores de manipulação visceral.

A Manipulação Visceral é baseada na aplicação de forças manuais suaves, não invasivas e específicas que estimulam e influenciam positivamente os mecanismos naturais do corpo humano a libertar os efeitos negativos do stress nos órgãos e a melhorar a sua função. As técnicas de avaliação e correcção usadas neste sistema trabalham em sintonia com os movimentos rítmicos dos órgãos.

Actualmente, a manipulação visceral já é utilizada com grande eficácia em vários centros clínicos quer na Europa, nos Estados Unidos e noutros continentes. O Dr. Jean-Pierre Barral, em colaboração com outros profissionais de saúde, mantém uma investigação contínua e regularmente introduz novas técnicas, as quais são testadas milhares de vezes, até fazerem parte do currículo dos cursos ministrados.

Em Portugal, somos o único representante oficial do Barral Institute e os nossos cursos são ministrados por professores devidamente qualificados e que fazem parte do corpo docente deste Instituto, sob a orientação do próprio Dr. Jean-Pierre Barral.

Para mais informações sobre os cursos de Manipulação Visceral em Portugal, consulte a página da Manipulação Visceral. A nossa página de terapeutas oferece-lhe ainda uma listagem dos profissionais na sua zona e o seu respectivo currículo.

Várias técnicas para os diferentes órgãos são ensinadas nas nossas formações:

  • VM 1 - técnicas para o fígado, estômago, vesícula biliar, duodeno, intestino delgado e intestino grosso;
  • VM 2 - técnicas para os rins, pâncreas, baço, bexiga e peritoneu;
  • VM 3 - técnicas para os ovários, próstata, cavidade pélvica;
  • VM 4 - Caixa torácica;
  • VM 5 e VM 6 – Cursos avançados, onde se trabalham os estados emocionais e depressivos do doente em relação à disfunção de cada órgão.

Copyright Upledger Institute Portugal
Todos os direitos Reservados



Criado e Mantido por Megasites